Coriza ou influenza (gripe) felina

Coriza ou influenza (gripe) felina é uma doença do tracto respiratório dos felinos. Semelhante à influenza humana.
É causado por três agentes principais: o herpesvirus tipo 1 (FHV-1), o calicivirus felino (FCV) e a Chlamydia felis. Para além destes três agentes infecciosos esta doença quase sempre envolve agentes bacterianos como o Mycoplasma felis e a Bordetella bronchiseptica.
A sua transmissão ocorre por contacto indirecto através de aerossóis (espirros ou tosse) ou por fomites (material infectado como bebedouros e comedouros).



Os sintomas gerais incluem incluem anorexia, depressão, febre, corrimento naso-ocular e espirros. Estados mais graves da doença podem mesmo vir a resultar em pneumonia, quando o sistema imunitário do animal não é suficientemente resistente aos agentes que causam a doença.
Os animais mais susceptíveis a serem infectados são os  não vacinados, muito jovens, muito velhos ou que não sejam imuno-competentes.
      

 

O tratamento deste agente  é sintomático e quando numa fase inicial é fácil tratar a doença, mas em estados mais avançados o tratamento pode ser difícil podendo deixar sequelas ou até mesmo levar à morte.
Baseia-se no uso de antibióticos para debelar infecções secundárias, antiviricos, fluidoterapia, expectorantes para facilitar a excreção das secreções nasais e cuidados de enfermagem tais como: limpeza regular dos olhos e nariz, nebulizações e alimentação auxiliada.
A maioria dos gatos infetados com o vírus da rinotraqueite infeciosa felina tem tendência a tornar
-se portador assintomático da doença. Em alturas de maior fragilidade imunitária, o vírus pode reativar e originar um novo episódio de doença. Nas fêmeas, os períodos mais debilitantes são: cio, gestação, parto e amamentação. Parasitismo, má nutrição e a ocorrência de outras doenças também podem contribuir para uma nova crise.

A vacinação é a melhor forma de prevenção! Pode e deve ser iniciada a partir dos 2meses de vida do gatinho e deve ser repetida anualmente.

 

Drº Ricardo Baptista
Director Clinico da CVST – Centro Veterinário de Santo Tirso e Centro Veterinário de São Tomé.

 

create counter